Ônibus voltam a operar parcialmente em São José, Palhoça e Biguaçu na próxima segunda

NOTÍCIAS

05/06/2020
Ônibus voltam a operar parcialmente em São José, Palhoça e Biguaçu na próxima segunda

Notícia atualizada em 09/06/2020.

A partir da próxima segunda-feira, 8 de junho, parte das linhas da Biguaçu Transportes Coletivos voltam a operar nas cidades de Palhoça, Biguaçu e São José. 

As linhas com destino a Florianópolis seguem interrompidas até o dia 17 de junho. 

A operação de retorno vai funcionar da seguinte maneira:

De segunda à sexta as linhas vão operar com os horários de sábado;

- Aos sábados, os horários de circulação dos ônibus serão os horários antes adotados nos domingos;

- Nos domingos e feriados não haverá transporte coletivo, ou seja, nenhuma linha estará operando;

- Não é permitido o transporte de idosos, pois eles pertencem ao grupo de risco da COVID-19;

- As linhas com destino à Florianópolis, estão proibidas de ultrapassar o limite entre as cidades  ingressando na  capital. Sendo assim, essas linhas vão percorrer até o último ponto antes da cidade de origem e então retornarão.

 

Veja as linhas que retornam nesta segunda (8/6/2020):

08800 - Biguaçu / Palhoça.
90800 - Diretão
10400 - Bairro Ipiranga
11300 - Jardim Zanellato
44300 - Biguacu

IMPORTANTE:
- As linhas 10400, 11300 e 44300 seguem até a Avenida Leoberto Leal mas não adentram em Florianópolis;
- A linha "90800 Diretão" sairá de Barreiros e seguirá até Fazenda do Max. 

Além das acima mencionadas, a partir de 9/6/2020 a linha 44700 Governador Celso Ramos / Florianópolis volta a funcionar. No entanto, como o transporte público em Florianópolis está suspenso, seu ponto final é na Leoberto Leal.

Veja mais detalhes na área Horários em nosso site: http://www.tcbiguacu.com.br/horarios 

A possibilidade de retomada dos transportes coletivos segue o Decreto Nº 630 , divulgado pelo Governo do Estado de Santa Catarina no dia primeiro de junho. 

Esse decreto estabelece que a decisão de retomar ou não determinadas atividades públicas e privadas cabe aos próprios municípios, seguindo indicadores comuns considerando a situação da doença em cada macrorregião do estado. O plano de gestão compartilhada especifica os serviços que podem ser retomados e quais permanecem suspensos.

Além disso, também cabe aos municípios instituir os procedimentos de higiene e restrição para o retorno seguro de cada atividade, entre elas o transporte coletivo. 

Acesse também nossa notícia para conferir mais detalhes sobre as medidas de prevenção adotadas para a sua segurança.

 

Dúvidas quanto ao retorno das atividades?

Caso você tenha dúvidas quanto ao retorno das atividades no transporte coletivo, entre em contato conosco pelo WhtasApp (48)3954-7200